Skip to main content

- Pousada Águas da Marambaia -
Queluz-SP

- História de Queluz -
Beleza em um só lugar

Origem e fundação

Originou-se Queluz de um aldeamento de índios puris, criado no ano de 1800. A aldeia cresceu em torno de uma capela, onde hoje se ergue a igreja matriz. O povoado foi elevado à vila em 1842, passando a município em 1876. Seu padroeiro é São João Batista e o nome de Queluz foi uma homenagem prestada à família reinante, tendo a localidade recebido o nome do palácio perto de Lisboa.

A Aldeia nasceu em torno de uma capela que foi construída por índios e escravos, sua estrutura foi feita de taipa e madeira de lei, sob o comando do catequista Pe Francisco das Chagas Lima e pelo Diretor local Januário Nunes da Silva. Em 04 de março de 1842 surge a Vila São João de Queluz, que com este título e foro de simples Vila ficou até 10 de março de 1876, nesta data foi criada e promulgada a lei que elevou a vila a categoria de cidade.

No ano anterior, 1875, a lei n 29, de 17 de abril, criou a comarca de Queluz. Seu padroeiro é São João Batista, cuja igreja representa o coração de nosso município, pois ali encontra-se ainda a imagem de São João que foi trazida de Portugal em 1870. A cana, o milho e a pecuária foram fontes de renda da economia local, mas o município se desenvolveu mesmo com a cultura do café, que aqui deixou importantes marcos rurais, como as sedes ainda existentes das fazendas do Sertão, São José, Restauração, Bela Aurora, Regato, Cascata entre outras.

O município desenvolveu-se com a cultura do café, que aí deixou importantes marcos culturais, como as sedes ainda existentes das fazendas do Sertão, São José, Restauração, Bela Aurora, Regato, Cascata e outras.

Queluz é um município de grande potencial turístico, recebemos muitos visitantes para conhecer nossas belas cachoeiras, em especial a Pousada Águas da Marambaia onde temos a oportunidade de viver momentos inesquecíveis, contamos também com um calendário festivo bem diversificado, com comemorações folclóricas, juninas e gastronômicas.



Fonte: Prefeitura de Queluz.


Pontos turísticos

Bosques das paredes ocultas

Situado na Serra da Mantiqueira é uma paisagem exuberante, o local conta com três paredes de escaladas que recebem turistas de várias regiões do Brasil e do mundo.

Cidade de Queluz-SP, Bosques das paredes ocultas

Bosques das paredes ocultas

Situado na Serra da Mantiqueira é uma paisagem exuberante, o local conta com três paredes de escaladas que recebem turistas de várias regiões do Brasil e do mundo.


Matriz de São João Batista

Construído em meados de 1800 por indígenas e escravos, possui paredes com até 1,50m de taipa de pilão e madeiramento de lei, que era facilmente encontrado nas matas de Queluz na época de sua construção.

Está localizado na praça Pe. Francisco de Chagas Lima, pertence a Miltra Diocesana de Lorenat.

cidade de Queluz-SP, Igreja Matriz de São João Batista

Centro cultural Malba Tahan

É um prédio colonial de 1800 localizado no centro da cidade de Queluz, onde funciona a diretoria de cultura, turismo e comunicação social, promovendo eventos, palestras, cursos culturais, roda de leitura e museu arqueológico.

Cidade de Queluz-SP, Centro cultural Malba Tahan

Centro cultural Malba Tahan

É um prédio colonial de 1800 localizado no centro da cidade de Queluz, onde funciona a diretoria de cultura, turismo e comunicação social, promovendo eventos, palestras, cursos culturais, roda de leitura e museu arqueológico.


Estação ferroviária

A construção no estilo colonial Inglês apontam vestigios de ter sido financiado pelo Barão de Mauá, com grandes tijolos de pedras e boa parte de sua estrutura foi importada da Inglaterra e da França.

Cidade de Queluz-SP, Estação Ferroviária

Fórum da comarca de Queluz

Construído em 1900 em estilo colonial,já funcionou como fórum na parte superior e como cadeia pública no térreo, onde eram guardada as armas.

Seu primeiro juiz foi o DR. Francisco de Paula Oliveira Borges, o prédio atualmente pertence ao governo do estado de São Paulo e possui acesso livre ao público.

Cidade de Queluz-SP, Fórum da comarca de Queluz

Fórum da comarca de Queluz

Construído em 1900 em estilo colonial,já funcionou como fórum na parte superior e como cadeia pública no térreo, onde eram guardada as armas.

Seu primeiro juiz foi o DR. Francisco de Paula Oliveira Borges, o prédio atualmente pertence ao governo do estado de São Paulo e possui acesso livre ao público.


Prédio José Carlos Oliveira Garcez

É um prédio de estilo colonial, que compõe a arquitetura imponente do centro histórico de Queluz, localizado na praça Padre Francisco das Chagas Lima, funciona até hoje como escola.

Ainda preserva em seu interior a beleza colonial da época.

Cidade de Queluz-SP, Prédio José Carlos Oliveira Garcez

Conheça Queluz